Cores dos Ragdolls

Segundo a história sobre a origem da raça Ragdoll, os Ragdolls escolhidos por Ann Backer eram ponteados,  ou seja,  possuíam as extremidades (cauda, orelhas, focinho, patas) em tons mais escuros em contraste com o resto do corpo e olhos sempre azuis. Este é o padrão idealizado da raça, que seguimos até hoje.

 

A cor do Ragdoll se define por completo quando o gato atinge 4 anos.

Confira abaixo uma ilustração das cores atualmente aceitas do Ragdoll. Para não confundir com o padrão, o gato esta sempre representado no padrão colorpoint. Você pode clicar para ampliar as fotos e ver fotos de gatos na respectiva cor.

Seal

1/4

Marron (foca / castanho) escuro nas extremidades do gato. A cor dilui-se no corpo onde deverá ser de um marron claro até um marfim.

Lilac

1/2

Lembrando o blue mas com a tonalidade indo para o lavanda escuro. A cor dilui-se no corpo onde deverá ser de um cinza claro até um cinza pastel.

Tortie

O gen responsável pela cor Red está no cromossomo feminino (X), por isso Torties são sempre fêmeas e apresentam 3 cores. Machos são conhecidos como Quimera e geralmente estéreis. 

Chocolat

1/2

Lembrando o Seal mas com a tonalidade indo para o chocolate ao leite. A cor dilui-se no corpo onde deverá ser do chocolate claro ao marfim.

Red

1/2

Red (flame ou vermelho) escuro nas extremidades do gato.  A cor dilui-se no corpo onde deverá ser de um alaranjado até um creme.

Torbie

Segue o padrão do Tortie mas adionam-se as listras do lynx. 

Blue

1/3

Cinza (prateado / azulado) escuro nas  extremidades do gato. A cor dilui-se no corpo onde deverá ser de um cinza escuro até um cinza mais claro.

Cream

1/1

Lembrando o red, mas com a tonalidade indo para um creme alaranjado claro até um creme muito claro.

logo preto transparente.png

Nos acompanhe:

  • Instagram
  • Facebook App Icon
  • TikTok
  • YouTube

Contatos:

  • E-mail
© 2017 TI-Gar Solutions. Textos de Carla Alessandra Janke. Reprodução parcial ou total proibida sem a autorização legal da autora.

Parceiros: